Corantes reativos para tie-dye: Como manipular?

Depois que eu conheci os corantes reativos para tie-dye, eu conheci os vendedores e os rituais que cada um deles realizam na preparação de suas artes. Ficou claro pra mim que o manuseio e a criação das peças estão totalmente ligados às experiências pessoais de cada artesão.
Então, quero deixar claro de antemão, porquê vocês são muito chatos, que essa é a minha maneira de preparar os corantes reativos pra tie-dye e posteriormente vou descrever os cuidados que eu tenho com as peças após o tingimento.

O que são os corantes reativos para tie-dye?

Aqui, cabe também lembrar que se a sua maneira de trabalhar com esses produtos é diferente da minha e tá dando certo pra você, eu fico muito feliz de verdade viu.
Os corantes reativos para tie-dye são vendidos em pó, normalmente em poucas gramas, porque o material é concentrado e uma pequena quantidade pode reder muitos litros de tintas.
Sua fabricação normalmente não acontece aqui no Brasil, o que encarece um pouco esse produto, mas esse preço é recompensado quando você descobre que está diante do melhor produto em termos de durabilidade, rendimento e intensidade das cores. Eu ia falar sobre beleza, mas esse assunto vamos deixar pra outra hora.

Com quais corantes reativos eu trabalho?

Os corantes com os quais eu trabalho são os da marca Printheo, a mais bacana e mais cheia de instruções e tutoriais pela internet. Isso sem falar que é vendida por um cara super bacana também.
Além do que, os corantes reativos da Printheo não são apenas corantes, são uma verdadeira imersão numa experiência incrível de customização.
Eles vêm acompanhados do carbonato de sódio, responsável pela fixação do corante na fibra do tecido.
Aqui eu não vou entrar em detalhes sobre o carbonato de sódio.

Como preparar os corantes reativos Printheo?

Cada pote de corante Printheo possui em média 20 gramas, o manual de instruções diz com maior detalhes sobre as dosagem, mas eu vou descrever a seguir:

1 pote de corante +
1 litro de água fria =
1 litro de corante reativo pronto pra aplicação.

Baixar Manual de Instruções Printheo.
Baixar Colméia de cores.

Aqui em cima também tem o Manual de instruções e a Colméia de cores auxiliares que eu sempre envio junto das embalagens de corantes que ajudam bastante durante a preparação do produto.
Se você me viu preparando os corantes reativos nos vídeos usando água quente é porquê eu tenho pressa e a água quente agiliza a diluição dos produtos, não existe outra finalidade que não seja dissolver os produtos mais rápido.

Uma vez preparada uma garrafa de corante, ela pode ser armazenada, pode ser utilizada, pode ser misturada com outras cores a fim de encontrar novos tons, só não pode ser ingerida, por favor.

Como preparar as peças para receber os corantes reativos?

Estamos prontos? Sim!
Então chegou a hora de preparar as camisetas pra receber os corantes.
É super importante que as peças sejam de material 100% algodão.
Mas aí você vai me perguntar “Théo, mas a minha malha é 75% algodão, vai funcionar?”
O que eu posso te assegurar é que quanto menos algodão sua peça tiver, menos fixação corantes reativos vão ter e isso não é nada legal pro nosso trabalho de tie-dye ficar com cores vibrantes igual os dos gringos.
Presta atenção, você vai reservar um balde de água, água fria do tanque, vai diluir nele um pouco de carbonato de sódio, não mais que 50 gramas por cada litro de água, não precisa ser muito. Nesse balde você vai deixar as suas peças de molho por pelo menos uma hora ou até cinco horas, não precisa ser mais que isso.
Depois desse banho, use luvas a partir daqui porque é certo de que o contato excessivo das suas mãos com esse produto pode te fazer mal. Torça as peças, ou coloque-as pra centrifugar até que estejam em estado de úmidas e não secas. É importante que elas ainda estejam úmidas quando você começar o processo de tie-dye.

Nesse vídeo dei as orientações para preparar a peça pra receber os corantes reativos.

Corre lá no meu canal no YouTube e escolha uma dobra bem legal pra fazer e reproduza na sua peça sobre uma superfície plana, numa mesa né gente!
Feito o seu processo, essa peça precisa ficar guardada dentro de um saquinho plástico num local seco e arejado por pelo menos 48 horas, pra que o carbonato de sódio faça seu trabalho em paz. Depois desse período eu gosto de retirar a sacola e levar direto pra água corrente pra evitar que manche, alguns desenhos tem muitos detalhes pequenos e delicados então pode acontecer de manchar.

Como tratar as peças depois de fazer o tie-dye?

Aqui o meu único ritual consiste em não ficar a vida toda esfregando a peça debaixo da torneira. Eu dou uma breve lavada a mão mesmo a fim de tirar o excesso do corante que está na peça. Só mesmo depois dessa primeira lavagem é que eu lavo essa peça dignamente na máquina de lavar com sabão neutro, amaciante e tudo mais que tiver direito.
As suas peças tie-dye podem ser lavadas com outras peças tranquilamente, eu só não recomendo deixar de molho.
Sucesso nas suas experiências tie-dye!!